Palavra de Sabedoria

MormonWiki, a enciclopédia livre sobre os mórmons escrita da perspectiva dos membros fiéis.<br> ''<nowiki>http://pt.mormonwiki.com/</nowiki>Palavra_de_Sabedoria''

Joseph Smith, o primeiro presidente e profeta da Igreja Mórmon, deu a seus seguidores as revelações de Deus, não apenas espirituais, mas também revelações de doutrinas temporais, ou em outras palavras, materiais. Tais ensinamentos como o ensinamento que “o corpo e o espírito são a alma do homem”, implica que qualquer coisa que degenera o corpo humano retarda o crescimento do espírito. De acordo com essa doutrina, os assuntos temporais e espirituais assumem igual importância; e todas as fases da vida precisam ser inclusas na religião de uma pessoa” (de Aspectos Médicos da Palavra de Sabedoria dos Santos dos Últimos Dias, por L. Weston Oaks).

O que é a Palavra de Sabedoria?

A Palavra de Sabedoria é uma revelação dada ao Profeta Joseph Smith como resposta a um pergunta sua. Brigham Young relatou algumas das circunstancias que levaram ao recebimento dessa revelação:

“Os irmãos vinham para aquele lugar de centenas de quilômetros para freqüentar a escola em uma pequena sala maior do que três metros por quatro. Quando se reuniam nessa sala após o desejejum, a primeira coisa que faziam era acender os seus cigarros, e, enquanto fumavam, falavam de grandes coisas do reino, …e assim que os cigarros saiam de suas bocas um grande pedaço de fumo mastigável assumia o lugar. Freqüentemente quando o Profeta entrava na sala para dar as instruções da escola ele se encontrava envolvido em uma nuvem de fumaça de cigarros. Isso, e as reclamações de sua esposa de ter que limpar o chão, fez o Profeta pensar sobre o assunto, e ele inquiriu ao Senhor com relação a conduta dos elderes ao usarem o tabaco” (Diário de Discursos, 12:158).

A principio essa revelação não foi dada como mandamento. Uma introdução foi adicionada descrevendo-a como “princípio com promessa, adaptada à capacidade dos fracos e do mais fraco de todos os santos, que são ou podem ser chamados de santos” (D&C 89:3). Isso permitiu que os Mórmons tivessem tempo para se ajustarem aos princípios contidos na revelação.

Em 1851 Presidente Brigham Young (segundo presidente da Igreja Mórmon) propôs à conferencia geral da Igreja que todos os membros fizessem convênios formais de guardar a Palavra de Sabedoria. Sua proposta foi apoiada animosamente pelos membros da Igreja e desde então a revelação tem sido um mandamento para todos os membros da Igreja.

A Palavra de Sabedoria se tornou uma das práticas mais peculiares e reconhecidas dos membros da Igreja Mórmon. Muitas pessoas que não são membros da Igreja sabem que os membros se abstém de tabaco, café, chá e todo o tipo de bebida alcoólica.

Estudos científicos tem confirmado os efeitos positivos de se obedecer à Palavra de Sabedoria: de fato, os Mórmons tem menos incidentes com problemas cardíacos, todas as formas de câncer e outras doenças devido a sua aderência à Palavra de Sabedoria. Muitos Mórmons vivem uma vida longa e tem melhor qualidade de vida. A Palavra de Sabedoria dá vários itens que devem ser evitados ou usados. As coisas que devem ser evitadas são bebidas fortes (liquores), tabaco, e outras bebidas quentes, como chá e café. Os Santos são então ensinados que ervas e frutas devem ser usados em suas estações, carne deve ser comida de forma moderada e que os grãos são o centeio da vida. Se os Santos seguirem essas instruções, lhes é prometido que eles “receberão saúde para o umbigo e medula para os ossos; e encontrarão sabedoria e grandes tesouros de conhecimento, sim, tesouros ocultos. E correrão e não se cansarão; e caminharão e não desfalecerão” (D&C 89:18-21).

Quais são as provisões da Palavra de Sabedoria?

A revelação dada ao Profeta Joseph Smith usa as seguintes palavras para definir e admoestar contra o uso de substancias prejudiciais:

  • Bebidas fortes (significando bebidas alcoólicas e outras substancias) não são para o ventre (D&C 89:7).
  • Tabaco não é para o corpo nem para o ventre e não é bom para o homem (D&C 89:8).
  • Bebidas quentes (significando chá preto e café) não são para o corpo nem para o ventre (D&C 89:9).

A Palavra de Sabedoria não admoesta apenas contra o uso de substancias prejudiciais, mas também explica sobre as comidas que são boas para o consumo do homem:

  • Todas as ervas salutares indicou Deus para a constituição, natureza e uso do homem (D&C 89:10).
  • Toda erva em sua estação e toda fruta em sua estação (D&C 89:11)

· A carne de animais e a das aves do ar, eu, o Senhor, indiquei para o uso do homem, com gratidão; contudo, devem ser usadas moderadamente (D&C 89:12)

  • Todos os grãos são indicados para uso do homem e dos animais, para ser o esteio da vida (D&C 89:14)
  • Todos os grãos são bons para alimento do homem, como também o fruto da videira (D&C 89:16).

A Palavra de Sabedoria é uma lei e um princípio com promessa. Quando obedecemos a essa lei, recebemos bênçãos associadas à suas provisões. Entretanto, se não a obedecemos, haverá conseqüências tanto espirituais quanto temporais.

O que “homens conspiradores” significa na revelação sobre a Palavra de Sabedoria?

O Presidente Ezra Taft Benson, em um de seus discursos, explicou que existe uma outra parte desta revelação que constitui um aviso particularmente importante para nossa geração moderna:

“Devido a maldades e desígnios que existem e virão a existir no coração de homens conspiradores nos últimos dias, eu vos adverti e previno-vos, dando-vos esta palavra de sabedoria por revelação” (D&C 89:4). O Senhor, em sua infinita sabedoria, previu a situação atual quando o desejo por dinheiro faria com que homens conspirassem para convencer outros a usar substancias prejudiciais. Estamos todos bem familiarizados com as propagandas que promovem cervejas, liquores, café, cigarro e outras substancias prejudiciais. Ainda pior do que isso, uma conspiração maléfica, em nossa época é induzir os jovens a usar drogas” (Ezra Taft Benson, Ensign, maio 1983).

A Palavra de Sabedoria proíbe a cafeína?

O texto da Palavra de Sabedoria nunca mencionou as razões para se evitar bebidas quentes, mas ao passar do tempo muitas pessoas, incluindo alguns Mórmons, assumiram que a razão para o Senhor proibir o café e o chá é a existência de cafeína. Isso leva algumas pessoas a criticar os Mórmons que bebem refrigerantes que contem cafeína. A Igreja Mórmon tem declarado o seguinte:

“Com referencia a bebidas de cola, a Igreja nunca tomou uma posição oficial com relação a esse assunto, mas os lideres da Igreja tem advertido, e agora advertimos especificamente, contra o uso de qualquer bebida que contenha drogas que viciam sob circunstâncias que resultariam em um vicio. Qualquer bebida que contenha ingredientes prejudiciais para o corpo deve ser evitado” (Boletim do Sacerdócio, 1972).

O espírito da Palavra de Sabedoria é que todas as comidas saudáveis devem ser comidas com moderação e as que não são saudáveis devem ser evitadas. A Igreja Mórmon tem evitado escrupulosamente a dar listas detalhadas de comidas aprovadas ou reprovadas. Fica a critério da pessoa aplicar esses princípios em sua vida.

Ferramentas pessoais
Noutras línguas