Liz Lemon Swindle

MormonWiki, a enciclopédia livre sobre os mórmons escrita da perspectiva dos membros fiéis.<br> ''<nowiki>http://pt.mormonwiki.com/</nowiki>Liz_Lemon_Swindle''

Artista Liz Lemon Swindle,cortesia di FoundationArts.com

Liz Lemon Swindle começou a carreira de pintora no primeiro grau. Suas primeiras exibições foram na geladeira, encorajada por seus pais. No inicio dos anos 80 ele recebeu aulas da renomada artista especializada em vida selvagem, Nancy Glazier. Em 1992, Liz começou a pintar sobre um assunto que ela sempre desejou abordar: sua fé. Suas pinturas agora fazem parte de coleções corporativas e particulares ao redor do mundo e foram publicadas em incontáveis revistas e livros.

Liz e seu marido John tem cinco filhos e treze netos (FoundationArts.com)

Swindle é um membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias e suas crenças inspira os temas da maioria de suas obras. Ela é extremamente prolífica, e criou muitas pinturas entorno de temas centrais, um grupo relacionada a vida e experiências do profeta Mórmon Joseph Smith, e outro grupo centrado na vida de Cristo.

Abaixo segue sua biografia como publicada pelo The Greenwich Workshop

Artista Liz Lemon Swindle,cortesia di FoundationArts.com

Liz Lemon Swindle possui uma profunda, e duradoura fé pela qual se sente abençoada por poder partilhar por meio de sua arte. Viveu toda a sua vida em Utah, ela estudou bela artes na Universidade de Utah. Trabalhou por muitos anos como designer e pintora para a empresa de produção televisa Osmond Studios. Conforme sua família cresceu (hoje, ela e seu marido John Swindle tem cinco filhos), ela viu a necessidade de uma maior flexibilidade em sua carreira e decidiu se dedicar a pintura a óleo.No inicio de 1980 ela recebeu aulas da renomada artista de vida selvagem Nancy Glazier e logo depois estabeleceu sua própria reputação como pintora de vida selvagem, participando de amostras em grandes galerias das regiões central e oeste dos Estados Unidos.

No entanto, Lemon Swindle tornou-se cada vez mais descontente, sentindo-se artística e espiritualmente vazia. Em outubro de 1988 ela decidiu mudar quando submeteu uma pintura de uma criança na competição do National Arts for the Parks e recebeu o cobiçado prêmio Founder’s Favorite. Ela então percebeu que havia uma audiência para pinturas de retratos e no inicio dos anos 90 ela se dedicou para um tema mais próximo do seu coração: sua fé. A amostra uma mulher de sua arte Crista, visitou varias cidades do pais no verão de 1997 e um livro de pinturas, “She Shall Bring Forth a Son” foi publicado em 1998.

Ferramentas pessoais