Livro de Mórmon

MormonWiki, a enciclopédia livre sobre os mórmons escrita da perspectiva dos membros fiéis.<br> ''<nowiki>http://pt.mormonwiki.com/</nowiki>Livro_de_M%C3%B3rmon''

Placas de outro 150px.jpg
Livros do Livro de Mórmon
{{#if:| |
}}{{#ifeq:|1
v · d · e}}{{#if:visualizardiscussãoeditar}}{{#if:|</span> |}}

O Livro de Mórmon (propriamente entitulado Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo) é um volume de escrituras sagradas que testifica de Jesus Cristo e registra a comunicação de Deus com os antigos habitantes das Americas. Os Santos dos Últimos Dias acreditam que o Livro de Mórmon é a palavra de Deus e um testamento que acompanha a Bíblia Sagrada. Joseph Smith traduziu o Livro de Mórmon para o inglês na época de 1820 e desde então outros traduziram da versão em inglês para dúzias de outras línguas. O livro contém a promessa de que quem lê-lo sinceramente, ponderar sobre ele e perguntar a Deus se ele é verdadeiro, receberá a certeza pelo poder do Espírito Santo.

O livro foi escrito por muitos profetas antigos, pelo espírito de profecia e revelação. Suas palavras, escritas em placas de ouro, foram citadas e resumidas por um profeta-historiador chamado Mórmon. O registro contém um relato de duas grandes civilizações. Uma veio de Jerusalém no ano 600 a.C. e posteriormente se dividiu em duas nações, conhecidas como nefitas e lamanitas. A outra veio muito antes, quando o Senhor confundiu as línguas na Torre de Babel. Este grupo é conhecido como jareditas. Milhares de anos depois, foram todos destruídos, esceto os lamanitas, que são os principais antepassados dos índios americanos.


O acontecimento de maior relevância registrado no Livro de Mórmon é o ministério pessoal do Senhor Jesus Cristo entre os nefitas, logo após sua ressurreição. O livro expõe as doutrinas do evangelho, delineia o plano de salvação e explica aos homens o que devem fazer para ganhar paz nesta vida e salvação eterna no mundo vindouro.


Com respeito a este registro o Profeta Joseph Smith declarou: "Eu disse aos irmãos que o Livro de Mórmon era o mais correto de todos os livros da Terra e a pedra fundamental de nossa religião; e que seguindo seus preceitos o homem se aproximaria mais de Deus do que seguindo os de qualquer outro livro."

Ferramentas pessoais
Noutras línguas